Cervejeira pode ser boa opção para gelar a bebida; veja como elas funcionam

 

Basta uma reunião com alguns amigos a mais em casa para você se dar conta: a geladeira comum não é suficiente para resfriar toda a cerveja. Falta espaço, demora, o abre e fecha acaba interferindo no resfriamento dos outros alimentos.

A solução? Uma cervejeira. Isso mesmo, nem freezer, nem frigobar nem adega. Existem no mercado equipamentos próprios para deixá-las no ponto ideal para a festa, além de dar um ar de “bar em casa”.

Elas são capazes de armazenar tanto garrafas quanto latas, e há opções para todos os gostos e espaços. O que faz com que a bebida esfrie -e se mantenha assim- é o ar produzido por um compressor. Um ventilador faz com que este ar circule por todo o interior da cervejeira. A temperatura dos aparelhos sempre pode ser ajustada.

Confira alguns modelos:

Philco – com capacidade de 98 litros, comporta latas e garrafas e a temperatura vai de -6°C a +6°C.

Consul - com capacidade para 82 litros, tem prateleiras ajustáveis, o que torna possível gelar até barris de chope. É frost free.

Bierhausen - Este tem capacidade para 250 litros, com sete opções de temperatura e iluminação interna.

Bierhausen 120 litros – permite armazenar também alimentos e tem display que mostra a temperatura.

Bierhausen 270 litros – conta também com um freezer e serve até para estabelecimentos comerciais.

Consul Skol – com capacidade para 82 litros, o modelo de edição limitada gela até 75 latas de 350 ml ao mesmo tempo.

No Angeloni você encontra tudo para seu lazer. Visite nossas lojas ou compre pelo site.

É impossível resistir a delícias como sardinhas na brasa, bacalhau e doces conventuais

As delícias da cozinha portuguesa sempre agradaram aos brasileiros. Sua origem deriva de tradições mediterrâneas e outras bem locais. O resultado são, invariavelmente, pratos cheios de sabor, com um toque ibérico e uma pegada bem caseira, quase artesanal. E isso faz a alegria das nossas papilas, do nosso coração e da nossa alma.

Abaixo trazemos algumas receitas que vão deixar seus convidados com água na boca. E um banquete lusitano jamais poderá ser considerado completo se não for acompanhado por algum dos excelentes vinhos do país. Durante décadas, o vinho do Porto foi consumido exclusivamente como digestivo, ao final da refeição. Recentemente, começou a aparecer também em coquetéis e, no verão, um dos mais populares é o portonic.

Outra alternativa ideal para os dias de calor é o vinho verde (leia mais sobre eles aqui), produzido no norte do país. Aromático e levemente gaseificado, quase como um espumante, ele combina muito bem com pratos que têm o bacalhau ou frutos do mar como ingrediente principal.

Bom apetite!

Receitas: Tasca do Zé e da Maria

 

ARROZ DE PATO

RENDIMENTO: 2 porções

 

INGREDIENTES

2 cebolas médias picadas

8 dentes de alho picados

4 folhas de louro

2 pitadas de pimenta-do-reino em grãos

600 ml de vinho tinto

60 ml de molho shoyu

200 ml de azeite

400 g de pato

200 g de arroz

2 colheres (sopa) de manteiga

MODO DE PREPARO

Misture a cebola, o alho, o louro, a pimenta, o vinho e o shoyu. Em seguida, use essa mistura para temperar o pato. Reserve. Coloque o azeite em uma panela para aquecer e, em seguida, ponha o pato com os temperos para cozinhar. Tampe a panela e deixe cozinhar por cerca de 2 horas. Quando o pato estiver cozido, retire do caldo e desfie. Coe o caldo em que o pato foi cozido e, em seguida, adicione novamente o pato já desfiado a essa mistura. Leve novamente ao fogo e adicione o arroz. Quando o arroz estiver quase cozido, adicione a manteiga e sirva.

BACALHAU COM BATATAS AO MURRO

RENDIMENTO: 2 PORÇÕES

 

INGREDIENTES

2 postas de bacalhau (de cerca de 270 g cada)

8 batatas

Sal a gosto

2 ovos

MODO DE PREPARO

Pegue o bacalhau, grelhe e, em seguida, leve ao forno a 180 ºC por 30 minutos. À parte, cozinhe as batatas com sal, o ovo e o brócolis. Refogue a cebola no azeite. Reserve. Em um prato largo, coloque o bacalhau. Junte as batatas cozidas, o brócolis e o ovo. Cubra as postas de bacalhau com a cebola e o alho dourados. Sirva a seguir.

DICA: Na hora de dessalgar o bacalhau, cubra-o inteiramente com água para evitar a proliferação de bactérias. Troque a água a cada 8 horas. As postas mais altas (de 3 a 4 dedos) devem ficar de molho por 5 dias; as mais finas (de 1 a 2 dedos) podem ficar de molho por 2 dias.

BOLINHO DE BACALHAU

RENDIMENTO: 120 unidades

Veja a receita e o modo de preparo aqui

PASTEL DE BELÉM

RENDIMENTO: 20 a 25 unidades pequenas

INGREDIENTES

16 gemas

4 colheres (chá) de amido de milho

3 tampinhas de essência de baunilha

1 litro de creme de leite

350 g de açúcar

Massa folhada

MODO DE PREPARO

Coloque as gemas em uma vasilha e bata-as com um garfo. Reserve. Em outra vasilha, dissolva o amido de milho em um pouco de água, acrescente a essência de baunilha e reserve. Em uma panela, coloque o creme de leite com o açúcar para ferver. Assim que levantar fervura, acrescente as gemas já batidas e o amido de milho dissolvido com a essência de baunilha. Mexa bastante. Quando a mistura estiver bem diluída e homogênea, coloque a panela para esfriar em uma vasilha com água e gelo. Reserve o creme. Abra a massa folhada e coloque em forminhas de empada. Em seguida, acrescente o creme já frito nas forminhas e leve ao forno a 200 ºC por 15 minutos.

DICA – O portonic é um refrescante drinque à base de vinho do Porto dry ou extra dry branco (50 ml) e água tônica (100 ml). Coloque gelo à vontade. A mistura é perfeita para ser consumida na praia ou à beira da piscina

Reportagem da revista Gastronomia Angeloni, edição especial Continentes Europa. Texto: Kike Martins da Costa /Fotos: Cacá Bratke /Produção: Camile Comandini. /Peças usadas nas fotos: pratos decorados, ROBERTO SIMÕES CASA / taças, copos, bowl e prato com pastel de Belém, TOK & STOK/ jarrinha azul, LOLA HOME / travessas de pão e da sardinha, taça azul e prato amarelo, IDEIA ÚNICA / sousplat amarelo, DIVINO ESPAÇO. Agradecimento: Tasca do Zé e da Maria (tascadozeedamaria.com.br)

A edição completa você acessa aqui. Nossas revistas também estão disponíveis no nosso aplicativo para tablets nos sistemas iOs: http://bit.ly/1oyYb8C e Android:http://bit.ly/1lSoV26

Veja produtos que ajudam a cuidar do corpo e do rosto para curtir a praia ou a piscina

Nada como aproveitar um dia de verão desde os primeiros raios de sol. Seja na praia, na piscina ou no campo, a temporada de calor é sempre uma delícia. Mas, para tirar do sol o que ele tem de melhor, alguns cuidados –e produtos– são indispensáveis.

O primeiro deles, claro, é o protetor solar, que não pode ser deixado de lado nem mesmo nos dias mais nublados. A evolução dos produtos e das fórmulas especiais para corpo, rosto ou lábios garante proteção imediata a partir da aplicação.

Se a proteção é a alma do início do dia, quando o sol se põe é hora de se cuidar. E muito desse cuidado está na hidratação e na reposição de nutrientes –seja da pele ou dos cabelos.

O melhor é que hoje existem produtos que promovem esse cuidado mesmo para quem tem pouco tempo. É o caso das ampolas de hidratação capilares, ideais para a temporada de praia. Outras opções são os produtos pós-sol, que, cada vez mais desenvolvidos, além de refrescar, promovem hidratação profunda na pele.

Como se vê, não faltam opções para quem quer se cuidar, e nada melhor do que curtir os dias de verão e voltar linda para casa! Confira abaixo produtos selecionados para você curtir o sol e cuidar da pele depois dele sem nenhuma preocupação:

No sol…

Pós-sol…

Reportagem publicada na revista Estar Bem, ed. 30. Nossas revistas também estão disponíveis no nosso aplicativo para tablets nos sistemas iOs: http://bit.ly/1oyYb8C e Android:http://bit.ly/1lSoV26
Nas nossas farmácias você encontra tudo que precisa para o seu verão. Visite nossas lojas ou compre pelo site.

Dieta rica em cores e sabores, a cozinha grega é a receita da longevidade

A dieta dos gregos encanta os turistas que visitam o país e intriga a comunidade médica, que a cada novo estudo se surpreende ainda mais com a longevidade do povo que vive em cidades como Atenas, Salônica e Esparta, no continente, e também nas paradisíacas ilhas do mar Egeu, como Santorini, Mykonos, Rodes e Creta.

Desenvolvida há milênios, misturando influências do Oriente Médio e da Europa Ocidental, a cozinha grega valoriza vegetais como berinjelas, pepinos e tomates, peixes e frutos do mar extremamente frescos, grãos saudáveis como a cevada e o trigo, muito azeite de oliva, laticínios de fama mundial (como o queijo feta e o iogurte grego), mel da melhor qualidade, bons vinhos, frutas coloridas e suculentas, carnes de animais criados por pequenos produtores e ervas aromáticas como tomilho, orégano, louro e alecrim.

“Trabalhei por cinco anos no Camares, um restaurante na ilha de Mykonos, e lá aprendi que a gastronomia grega, além de muito rica e variada, é uma cozinha de produto, que privilegia ingredientes frescos, frutas e hortaliças colhidas na hora e peixes retirados do mar instantes antes de irem à mesa”, explica Mariana Fonseca, chef do restaurante paulistano Myk, de cozinha grega contemporânea, que é quem assina as receitas que apresentamos abaixo.

Moussaka de cordeiro

RENDIMENTO: 3 PORÇÕES

 

INGREDIENTES

8 berinjelas médias

Sal

12 batatas

125 ml de azeite ou óleo de girassol

50 g de farinha de pão

200 g de queijo parmesão ralado para finalizar

RAGU DE CARNE

125 ml de azeite

2 cebolas picadas

1 dente de alho

2 kg de carne moída de cordeiro (pode substituir por boi ou porco)

8 tomates sem pele e sem sementes picados

200 ml de vinho tinto (opcional)

Canela, cominho, cravo, noz-moscada e coentro em pó a gosto

Sal e pimenta-do-reino

1 clara

BECHAMEL

200 g de manteiga

1 cebola bem picada

200 g de farinha de trigo

2 litros de leite integral

Noz-moscada a gosto

Sal e pimenta-do-reino branca a gosto

MODO DE PREPARO

RAGU: em uma panela grande, coloque o azeite com as cebolas bem picadas e o dente de alho. Refogue até ficar transparente e acrescente a carne moída. Deixe dourar e acrescente o tomate. Em seguida, coloque o vinho e as especiarias a gosto, deixando cozinhar por 1 hora. Após o cozimento, acerte o sal e a pimenta. Deixe esfriar e coloque a clara, que dará uma liga quando assar. Reserve.

BECHAMEL: em uma panela grande, coloque a manteiga e a cebola picada. Em seguida, acrescente a farinha peneirada. Quando estiver com a consistência quase de uma massa, coloque o leite aos poucos, mexendo bem. Tempere com noz-moscada, sal e pimenta a gosto. Reserve.

MOUSSAKA: fatie as berinjelas em rodelas de no máximo 1 cm. Em uma travessa, coloque as rodelas com sal suficiente para cobri-las. Deixe-as “chorarem” por 1 hora –isso faz com que o amargo da berinjela seja eliminado. Depois de uma hora, lave as berinjelas com água para tirar o excesso de sal. Seque bem com papel toalha. Reserve. À parte, fatie as batatas em rodelas de no máximo 1 cm e coloque de molho em água gelada. Coloque o azeite em frigideira grande. Frite levemente a berinjela e a batata a fim de deixá-las mais molinhas –não crocantes. Forre o fundo de uma assadeira grande com farinha de pão. Monte uma camada de batata, outra de berinjela e outra de ragu. Repita até completar a assadeira. A última camada é com o bechamel e o queijo parmesão. Leve ao forno a 180 ºC por 50 minutos. Sirva a seguir.

Peixe branco com skordaliá, azeite e figo

(peixe branco com purê de alho suave)

RENDIMENTO: 2 PORÇÕES

INGREDIENTES

600 g de batatas tipo holandesa descascadas e cozidas

4 dentes de alho picados

Sal e pimenta-do-reino a gosto

20 g de manteiga ou azeite

200 ml de azeite

100 g de figo turco (seco) ou figo fresco descascado picadinho

100 g de azeitonas kalamata (ou outro tipo escuro) picadas

40 g de alcaparras picadas

2 filés de peixe branco

MODO DE PREPARO

Cozinhe as batatas –uma dica é assar as batatas com casca e depois descascar. O ponto de cozimento é bem mole. Passe as batatas ainda mornas por uma peneira fina. Leve a batata para uma panela com o alho picado, o sal e a pimenta. Acrescente a manteiga e bata em fogo alto até obter uma pasta quase lisa. Reserve. Junte o azeite com o figo, as azeitonas e as alcaparras. Em uma frigideira antiaderente, coloque um fio de azeite e leve o peixe para grelhar até o ponto desejado –a dica é não passar demais para não perder a leveza do peixe. Monte o prato com o purê e o peixe, coloque a mistura de figo sobre o peixe e finalize com azeite.

DICA: Tente fugir dos peixes convencionais, pois podemos nos surpreender com os peixes da época. O importante é que seja um peixe bom para grelhar.

Portokalopita

(Torta de creme de laranja com calda)

RENDIMENTO: 8 FATIAS

INGREDIENTES

TORTA

5 ovos

100 g de açúcar

200 g de iogurte grego

Suco de 2 laranjas e as raspas das mesmas

180 ml de azeite

1 colher (sopa) de fermento

100 g de manteiga

1 pacote de massa filo

CALDA

400 g de açúcar

Suco de 1 laranja

350 ml de água

8 unidades de laranja kinkan

MODO DE PREPARO

Em uma batedeira, bata todos os ingredientes da torta, menos a manteiga e a massa. Derreta a manteiga, unte uma assadeira retangular, coloque as folhas de massa filo, intercalando-as para poder colocar o recheio e fechar. Recheie a massa e feche com a mesma. Pincele mais manteiga e leve para assar por 45 minutos, sendo os primeiros 15 minutos a 180 ºC e o restante a 160 ºC. À parte, prepare a calda: em uma panela, coloque os ingredientes e deixe tomar ponto de calda. Deixe esfriar. Quando a torta estiver pronta, jogue a calda sobre o doce ainda quente. Deixe descansar por uma hora antes de servir.

Reportagem da revista Gastronomia Angeloni, edição especial Continentes Europa. Texto: Kike Martins da Costa /Fotos: Cacá Bratke/Produção: Camile Comandini/Peças usadas nas fotos: jarra branca e azul, garrafa de vidro, talheres, taça florida, DIVINO ESPAÇO/ prato da moussaka, prato de sobremesa e tábua, IDEIA ÚNICA / taças com bolas azuis, L’OEIL / prato branco salada, TOK & STOK/ porta-velas de conchas, LS SELECTION/ bowl e prato do peixe, STELLA FERRAZ / olho grego, KATMANDU. Agradecimento: Myk Restaurante (www.mykrestaurante.com).

Nossas revistas também estão disponíveis no nosso aplicativo para tablets nos sistemas iOs: http://bit.ly/1oyYb8C e Android: http://bit.ly/1lSoV26

05/02/2015

Cabelo de verão

Das tranças a um simples nó, veja os penteados que têm tudo a ver com a estação

Nos dias quentes, o que todo mundo quer é prender o cabelo e aliviar o calor, não é mesmo? Mas nem sempre essa é a solução mais bonita. Os penteados de verão dão uma ajudinha na hora de refrescar, sem perder o charme e a elegância.

Um exemplo é a trança, que ano após ano ganha uma nova versão, e nunca sai de moda. E ela deve voltar com força total nesta temporada, com uma forcinha da dramaturgia. A atriz Camila Pitanga, mocinha da próxima novela das nove, “Babilônia”, surgirá com o penteado logo no primeiro capítulo da trama. Uma trança lateral, que deixa alguns fios fora do lugar.

O rabo de cavalo é outro clássico indiscutível da estação. Versátil, o coque também tem vez tanto no dia a dia quanto em produções mais elaboradas. Seja qual for o penteado, vale investir em acessórios.

Confira mais abaixo sobre os penteados da estação:

 TRANÇA

Resolve o problema naqueles dias em que parece que o cabelo não está bom de jeito nenhum. Vale investir em uma versão lateral e despojada, com fios soltos, como a de Camila na novela. A trança nagô também estará em alta -trata-se do penteado em que são feitas várias trancinhas para prender como um rabo de cavalo. A meia-trança é outro estilo que está com tudo: simples e versátil, é só começar uma trança do alto da cabeça e ir até a metade, deixando o restante dos fios soltos. Se a ideia é usar em uma festa, aposte na trança de sereia, que é feita entrelaçando duas tranças tradicionais.

RABO DE CAVALO

Pode ganhar toques mais descolados se você fizer um rabo baixo e for colocando elásticos ao longo dele, criando alguns gomos em toda a extensão. O tradicional também fica charmoso com alguns fios soltos na frente ou mesmo uma tiara ou fivelas como acessórios. Para ocasiões mais formais, vale fazer o rabo clássico escondendo o elástico com uma mecha do próprio cabelo.

 
Nó.jpg
Para quem tem cabelos compridos, é só dividir ao meio e literalmente dar um nó,prendendo com grampo, para um cabelo preso em clima despojado.
Nas farmácias Angeloni você encontra tudo que precisa para deixar seu penteado perfeito. Visite nossas lojas ou compre pelo site.