Que tal surpreender no aperitivo com um bolinho de camarão servido em sticks de cana-de-açúcar?

Bolinho de camarão com stick de cana-de-açúcar

Por Rojo Gastronomia

(Rende 5 porções)

 

INGREDIENTES

20 g de cebola picada

10 g de alho picado

10 g de gengibre picado

Azeite para fritar

200 g de camarão limpo

80 g de farinha de trigo

3 col. (sopa) de creme de leite

20 g de suco de limão

25 g de açúcar mascavo

Sal e pimenta-do-reino moída a gosto

Pimenta tabasco a gosto

300 g de cana-de-açúcar descascada e cortada em palitos

 

PREPARO

Refogue a cebola, o alho e o gengibre no azeite em fogo baixo. Após 5 minutos, coloque o camarão picado e refogue até ficar dourado. Adicione aos poucos, sem parar de mexer, a farinha de trigo e o creme de leite. Após soltar tudo do fundo da panela, desligue o fogo e adicione aos poucos o suco de limão, o açúcar, o sal e as pimentas. Essa mistura tem de ficar cremosa, mas sem grudar nas mãos. Se ainda estiver muito grudenta, volte ao fogo por mais alguns instantes. Despeje em uma travessa e deixe esfriar. Enrole os bolinhos e espete neles os palitos de cana-de-açúcar cortados no tamanho de 4 x 0,5 cm. Frite por imersão e sirva.

Receita publicada na revista Gastronomia Angeloni – edição Cardápios para Celebrar. Fotos: Rogério Voltan/ Produção: Camile Comandini/ Culinarista: Tatu Damberg.

No Angeloni, você encontra tudo o que precisa para suas receitas. Compre pelo site ou visite uma de nossas lojas.

15/02/2018

FRIAS E DELICIOSAS

Duas sopas supertradicionais que são perfeitas para um dia quente de verão

O gaspacho, sopa feita com tomate, pepino e muito azeite, é uma verdadeira instituição espanhola. Consumido a qualquer hora do dia, até mesmo pela manhã, deve ser

servido não apenas frio, mas preferencialmente gelado. Esta versão vem enriquecida com um crocante de bacon, que o torna ainda mais irresistível. Já a vichyssoise leva batata, alho-poró e creme fresco, e também vai à mesa fria. Os crisps de alho-poró dão uma crocância que contrasta com a cremosidade do prato.

 

Gaspacho

(Rende 4 porções)

INGREDIENTES

5 tomates maduros sem sementes

1 pimentão vermelho sem sementes

1 pepino

2 col. (sopa) de azeite de oliva

4 dentes de alho

1 cebola pequena

Sal e pimenta-do-reino a gosto

1 pão francês amanhecido

Fatias de bacon fritas para decorar

 

PREPARO

Corte os vegetais em pedaços grandes e coloque em um processador ou liquidificador. Junte o azeite, os temperos e o pão. Bata até homogeneizar e ficar cremoso. Sirva frio, decorado com as fatias de bacon.

 

Vichyssoise

RENDE 4 PORÇÕES

 

INGREDIENTES

2 batatas

3 talos de alho-poró

1 cebola branca

2 col. (sopa) de manteiga

1 e ½ l de caldo de frango ou vegetais

½ xíc. (chá) de creme de leite fresco gelado

Sal e noz-moscada a gosto

Óleo para fritar

 

PREPARO

Descasque e corte as batatas em pedaços. Fatie 2 alhos porós e a cebola. Em uma panela, aqueça a manteiga e refogue a cebola e o alho-poró até ficarem macios. Adicione a batata e o caldo, tampe e deixe cozinhar em fogo médio até a batata ficar macia. Bata a sopa em um liquidificador até ficar sem pedaços. Acrescente o creme de leite, tempere com sal e noz-moscada e deixe na geladeira até a hora de servir. Fatie o alho-poró restante e frite em óleo quente. Sirva o crocante sobre a sopa.

Receita publicada na revista Gastronomia Angeloni – edição Cardápios para Celebrar. Fotos: Rogério Voltan/ Produção: Camile Comandini/ Culinarista: Tatu Damberg.

No Angeloni, você encontra tudo o que precisa para suas receitas. Compre pelo site ou visite uma de nossas lojas.

08/02/2018

CHARUTOS NA TAÇA

Os charutinhos de cordeiro servidos em taças compõem uma entradinha charmosa e com muito sabor

Os charutinhos recheados com carne e arroz envoltos em folhas de uva ou de repolho são consumidos em todo o mediterrâneo, recebendo diferentes nomes e sofrendo pequenas alterações em cada país. Esta receita é feita com folhas de uva, que permitem rolinhos mais delicados e firmes, de cor viva. Seu sabor é valorizado pela adição do molho de tahine depositado no fundo da taça, que permite ao comensal mergulhar o rolinho com facilidade, além de compor uma bonita apresentação.

Charutinhos de cordeiro ao molho de tahine

(Rende 2 porções)

PARA OS CHARUTINHOS

3 colheres (sopa) de azeite

300 g de carne de cordeiro moída ou finamente picada

4 dentes de alho picados

½ xícara (chá) de arroz

Sal e pimenta rosa a gosto

1 colher (chá) de canela em pó

1 colher (sopa) de cominho em pó

Folhas de uva frescas o quanto baste

 

PARA O MOLHO DE TAHINE

¼ de xíc. (chá) de tahine (pasta de gergelim)

¼ de xíc. (chá) de creme de leite

1 dente de alho ralado

Caldo de 1 limão

Raspas da casca de 1 limão

Sal a gosto

 

PREPARANDO OS CHARUTINHOS

Em uma panela funda, aqueça o azeite e coloque a carne e o alho picado. Quando a carne tiver perdido o tom rosado, junte o arroz e adicione 1 xícara de água. Cozinhe tampado em fogo médio por cerca de 15 minutos, ou até que a água tenha sido absorvida e o arroz esteja cozido. Desligue o fogo e tempere com sal, pimenta, canela e cominho. Reserve. Ferva água e mergulhe cada uma das folhas de uva, deixando cada uma tempo suficiente para ficar macia. Escorra as folhas. Sobre cada uma das folhas, coloque um pouco do arroz e enrole, fechando os lados da folha para formar o charutinho. Mantenha aquecido em banho-maria até a hora de servir. Sirva com o molho de tahine.

PREPARANDO O MOLHO

Misture todos os ingredientes e sirva com os charutinhos. Decore com a pimenta rosa.

Receita publicada na revista Gastronomia Angeloni – edição Cardápios para Celebrar. Fotos: Rogério Voltan/ Produção: Camile Comandini/ Culinarista: Tatu Damberg.

No Angeloni, você encontra tudo o que precisa para suas receitas. Compre pelo site ou visite uma de nossas lojas.

Um filé com cogumelos ao molho de vinho tinto italiano encanta pela apresentação e pelo sabor

Além da sofisticada apresentação proporcionada pelas “escamas” de cogumelo, o preparo deste filé se diferencia pelo uso do ghee, uma manteiga que passa por um processo de clarificação no qual são retirados a água e as toxinas da gordura do leite. O resultado é um sabor mais intenso

e que suporta altas temperaturas, ao contrário da manteiga comum; por isso, é perfeito no preparo de carnes e molhos sofisticados.

 

Mignon com escamas de cogumelo-de-paris ao molho de vinho sangiovese

Por Ghee Banqueteria

(RENDE 6 PORÇÕES)

 

INGREDIENTES

1 e ½ kg de filé mignon em pedaços

Sal grosso moído na hora a gosto

Pimenta-do-reino moída na hora a gosto

100 g de ghee

200 g de cogumelos-de-paris em lâminas

½ maço de alecrim

100 g de cebola picada

20 g de alho

1 l de vinho sangiovese

 

PREPARO

Tempere os medalhões com sal e pimenta-do-reino. Em uma frigideira, sele a carne no ghee e reserve. Em outra frigideira, salteie os cogumelos no ghee e tempere com sal e um pouco de alecrim. Reserve. Adicione o restante do alecrim, a cebola e o alho na frigideira em que o medalhão foi preparado, doure e adicione o vinho. Deixe cozinhar em fogo baixo até reduzir pela metade. Retire do fogo e coe. Leve o molho ao fogo novamente e adicione uma colher (chá) de ghee. Disponha as fatias de cogumelo em cima do medalhão intercalando uma por uma, formando escamas. Leve ao forno a 160 °C por aproximadamente 10 minutos. Retire do forno, disponha o molho em um prato ou travessa e acomode os medalhões por cima do molho.

Receita publicada na revista Gastronomia Angeloni – edição Cardápios para Celebrar. Fotos: Rogério Voltan/ Produção: Camile Comandini/ Culinarista: Tatu Damberg.

 No Angeloni, você encontra tudo o que precisa para suas receitas. Compre pelo site ou visite uma de nossas lojas.

25/01/2018

PARA SUSPIRAR

A dacquoise recheada com mousses de limão e de pistache é refrescante e sofisticada, perfeita para fechar uma festa ao ar livre

Apesar do nome complicado, a dacquoise é um doce formado por finos discos de merengue intercalados com um creme doce. Neste caso, são dois: limão e pistache. O merengue tem textura estaladiça e delicada, o que o torna a base perfeita para a mousse. Para arrematar, a cobertura de pistache picado traz mais crocância ao doce e faz combinação perfeita com a mousse cítrica. Nesta versão, a sobremesa veio em porções individuais, mas você pode fazer uma torta grande.

Dacquoise de amêndoas com creme de limão e pistache

(Rende 4 porções pequenas)

PARA A MASSA

4 claras

50 g de açúcar refinado

150 g de açúcar de confeiteiro

150 g de farinha de amêndoas

 

PARA O CREME DE LIMÃO

1 lata de leite condensado

Raspas da casca de 2 limões

2 col. (sopa) de manteiga

3 col. (sopa) de creme de leite

 

PREPARANDO A MASSA

Bata as claras em neve na batedeira. Adicione o açúcar refinado e bata até firmar. Fora da batedeira, adicione o açúcar de confeiteiro e a farinha de amêndoas com delicadeza. Em uma forma forrada com papel-manteiga untado, espalhe a massa em uma altura baixa e asse no forno em temperatura média (180°C) até a massa firmar e dourar levemente as bordas. Corte os discos de massa com um cortador redondo, ou com um copo. Separe cuidadosamente e deixe esfriar.

 

PREPARANDO O CREME DE LIMÃO

Misture o leite condensado, as raspas e a manteiga. Cozinhe até obter uma espessura de brigadeiro de enrolar. Abaixe o fogo e acrescente o creme de leite, mexendo bem. Após esfriar, despeje em um bico de confeitar ou saco plástico para alimentos e utilize na montagem.

 

PREPARANDO O CREME DE PISTACHE

Repita o processo de preparo do creme de limão, substituindo as raspas pelo pistache.

 

MONTAGEM

Monte cada dacquoise a partir de uma base de disco de massa. Distribua o creme de pistache com a ajuda do saco de confeitar, espalhando em círculo ou fazendo gotas. Apoie outro disco sobre o recheio e distribua o creme de limão. Finalize com uma camada fina de um dos cremes e pedaços de pistache picado.

Receita publicada na revista Gastronomia Angeloni – edição Cardápios para Celebrar. Fotos: Rogério Voltan/ Produção: Camile Comandini/ Culinarista: Tatu Damberg.

No Angeloni, você encontra tudo o que precisa para suas receitas. Compre pelo site ou visite uma de nossas lojas.

Página 1 de 12112345102030...Última »