16/08/2017

TORTA CERVEJEIRA

A união da carne com a cerveja escura produz um recheio especialíssimo na companhia dos cogumelos, tudo coberto por massa crocante

Esta deliciosa torta tem como segredo a combinação de três ingredientes de aromas fortes e sabores potentes. À base de filé apurado na cerveja adicionamos cogumelos e legumes. Uma combinação para lá de apetitosa que contrasta com sua massa crocante na cobertura. Servida aqui em porção “família”, essa receita permite ainda sua montagem em porções individuais.

Dica: se faltar um pouco de tempo, você pode substituir a massa de farinha com queijo por uma massa folhada. A cobertura ficará bem dourada, crocante e ganhará um toque amanteigado.

Torta irlandesa de carne com Guinness e cogumelos

(rende de 4 a 6 porções)

PARA A MASSA

1 e ½ xíc. (chá) de farinha de trigo

1 xíc. (chá) de queijo prato ralado

1 col. (chá) de sal

150 g de manteiga gelada em cubos

Água gelada (o quanto baste)

PARA O RECHEIO

1 col. (sopa) de manteiga

1 col. (sopa) de farinha de trigo

500 g de contrafilé em cubos pequenos

100 ml de caldo de carne

200 ml de cerveja Guinness (ou outra do tipo stout)

4 dentes de alho picados

1 xíc. (chá) de cogumelos-de-paris fatiados

2 cenouras em cubos pequenos

1 xíc. (chá) de ervilhas

Sal e pimenta-do-reino a gosto

PREPARANDO A MASSA

Em uma tigela, misture a farinha, o queijo e o sal. Adicione a manteiga, esfarelando os pedaços até obter uma mistura parecida com uma farofa. Aos poucos, adicione água, mexendo bem a cada adição. Quando a massa segurar formatos, faça uma bola, enrole em filme plástico e deixe descansar na geladeira enquanto prepara o recheio.

PREPARANDO O RECHEIO

Em uma panela, derreta a manteiga e adicione a farinha de trigo. Quando começar a dourar, acrescente a carne e mexa bem. Despeje o caldo e a cerveja e cozinhe até ferver. Despeje o alho, o cogumelo, a cenoura e a ervilha. Cozinhe até obter um recheio cremoso. Tempere com sal e pimenta e desligue o fogo. Coloque o recheio em uma assadeira grande ou distribua em pequenos ramequins. Abra a massa em uma superfície enfarinhada e cubra o recheio, fazendo a massa aderir às bordas da assadeira. Asse por 20 minutos em forno preaquecido em temperatura média (180 °C) ou até a massa dourar.

Receita publicada na revista Gastronomia Angeloni – edição O Quente do Inverno. Fotos: Rogério Voltan/ Produção: Camile Comandini/ Culinarista: Tatu Damberg.

No Angeloni você encontra tudo o que precisa para suas receitas. Compre pelo site ou visite uma de nossas lojas.

Um nova versão para a tradicional moussaka, mais delicada e aromática, que certamente vai encantar a todos. Dica: para conseguir um prato com acabamento mais bonito, coloque o purê em um saco de confeitar e distribua sobre a moussaka fazendo desenhos como ondas ou linhas sinuosas, como um glacê.

 

Moussaka vegetariana

(rende 12 porções)

 

PARA A BERINJELA

½ xíc. (chá) de azeite de oliva

2 dentes de alho

Folhas de tomilho e alecrim

5 berinjelas

Sal marinho e pimenta-do-reino a gosto

 

PARA O RAGU DE COGUMELOS

¼ de xíc. (chá) de azeite de oliva

1 alho-poró fatiado

1 cebola picada em cubos pequenos

1 folha de louro

1 cenoura ralada finamente

1 talo de salsão picado em cubos

200 g de cogumelos champignon frescos fatiados

200 g de cogumelos shiitake frescos picados

12 tomates maduros sem pele e sem sementes em cubos

½ xíc. (chá) de salsinha e manjericão
¼ de xíc. (chá) de vinho tinto

1 xíc. (chá) de molho de tomate

Sal marinho e pimenta-do-reino a gosto

 

PARA O ESPINAFRE

2 col. (sopa) de azeite de oliva

4 dentes de alho picados

2 maços de espinafre sem talo

Sal marinho e pimenta-do-reino a gosto

 

PARA O PURÊ DE BATATAS

500 ml de caldo de legumes

4 batatas médias sem casca cortadas em cubos

100 ml de creme de leite fresco

Sal marinho e pimenta-do-reino a gosto

1 pitada de noz-moscada

100 g de queijo parmesão ralado

 

PREPARANDO A BERINJELA

Coloque o alho e as ervas para aromatizar o azeite e reserve. Descasque as berinjelas e fatie finamente. Aqueça uma frigideira antiaderente em fogo alto. Com um pincel, espalhe o azeite aromatizado na berinjela, tempere com sal e pimenta e grelhe os dois lados até dourar. Reserve.

 

PREPARANDO O RAGU

Em uma panela grande, coloque o azeite de oliva para aquecer e refogue o alho poró, a cebola, o louro, a cenoura e o salsão até dourar. Adicione os cogumelos e os tomates, tempere com as ervas e deixe cozinhando por alguns minutos. Flambe com vinho tinto, adicione o molho  vermelho e corrija os temperos. Deixe cozinhar por alguns minutos e reserve.

 

PREPARANDO O ESPINAFRE

Em uma frigideira grande, coloque o azeite de oliva e o alho e deixe dourar. Espalhe o espinafre sobre a frigideira e salteie até murchar. Tempere com um pouco de sal e pimenta. Coloque o espinafre refogado em uma peneira e deixe

 

PREPARANDO O PURÊ

Em uma panela, coloque o caldo de legumes para ferver. Quando o caldo estiver quente, adicione as batatas e deixe cozinhar por cerca de 20 minutos, ou até que as batatas estejam completamente macias. Adicione o creme de leite fresco e deixe cozinhar por mais 30 minutos, mexendo algumas vezes para não grudar a batata cozida no fundo da panela. Tempere com sal, pimenta e noz-moscada. Espere esfriar por 10 minutos e bata com a ajuda de um fouet ou, se preferir, na batedeira. Reserve.

 

MONTAGEM

Preaqueça o forno a 200 °C. Regue com um fio de azeite de oliva e um pouco de molho de tomates um refratário que possa ir ao forno. Espalhe fatias de berinjelas grelhadas sobre o refratário e, na sequência, um pouco de ragu, um pouco de espinafre, berinjelas grelhadas, mais ragu e mais espinafre, deixando a última dessas camadas de berinjela. Espalhe todo o purê de batatas por cima e salpique o parmesão ralado. Leve ao forno por 20 minutos, ou até gratinar todo o parmesão.

 Receita publicada na revista Gastronomia Angeloni – edição Estilo Vegetariano. Fotos: Rogério Voltan/ Produção: Camile Comandini/ Culinarista: Tatu Damberg.

 NoAngeloni você encontra tudo o que precisa para suas receitas. Compre pelo site ou visite uma de nossas lojas.

As tartelettes são práticas e perfeitas para uma sobremesa rápida ou ainda como um docinho servido no chá da tarde

Além de muito saborosas, essas tartelettes possuem massa feita com nozes, tâmaras e óleo de coco, e sem a adição de farinha, o que as tornam mais leves. As nozes possuem muitos antioxidantes, enquanto as tâmaras são ricas em vitaminas, minerais e fibras. O creme que envolve os pêssegos leva leite de coco, castanha-de-caju crua e açúcar demerara, ingredientes ricos em nutrientes e perfeitos na combinação com a fruta. Uma deliciosa opção de sobremesa para qualquer ocasião.

 

Tartelettes de pêssego com creme de baunilha

(rende 10 unidades)

PARA A MASSA

100 g de nozes picadas

120 g de tâmaras sem caroço picadas

40 g de coco seco ralado sem açúcar

20 g de óleo de coco

 

PARA O RECHEIO

100 g de castanhas-de-caju (deixe de molho no mínimo 4 horas)

150 ml de leite de coco

100 ml de água filtrada

250 g de açúcar demerara

1 colher (sopa) de extrato de baunilha

1 pitada de sal

3 pêssegos em calda cortados em cubos pequenos

Açúcar de confeiteiro e castanha-de-caju para finalizar

 

PREPARANDO A MASSA

Em um processador, triture as nozes e as tâmaras até formar uma farofa grossa. Acrescente o coco ralado e o óleo de coco e mexa com as mãos untadas. Unte as forminhas para tartelettes individuais com fundo removível (com aro de 8 a 10 cm). Distribua a massa nas forminhas, apertando bem com as mãos no fundo e em toda a lateral. Leve ao forno por 10 a 15 minutos. Retire e deixe esfriar.

 

PREPARANDO O RECHEIO

Enxague as castanhas deixadas de molho, escorra a água e bata no liquidificador com o leite de coco e água até ficar homogêneo. Despeje em uma panela com o açúcar demerara, o extrato de baunilha e o sal. Leve ao fogo, mexendo sempre, até encorpar (a textura deve ficar semelhante à de um creme de confeiteiro, um pouco mais mole). Leve para gelar por, no mínimo, 2 horas. Despeje o creme sobre a massa e coloque os pêssegos picados por cima do creme. Polvilhe com açúcar de confeiteiro, coloque uma castanha no centro de cada tortinha e finalize com um maçarico.

Receita publicada na revista Gastronomia Angeloni – edição Estilo Vegetariano. Fotos: Rogério Voltan/ Produção: Camile Comandini/ Culinarista: Tatu Damberg.

No Angeloni você encontra tudo o que precisa para suas receitas. Compre pelo site ou visite uma de nossas lojas.

Substituindo a carne por cogumelos, essa receita é daquele tipo de pratos que agrada a todos

 

ESTROGONOFE DE PALMITO PUPUNHA E COGUMELOS

(rende 6 porções)

 

INGREDIENTES

PARA O MOLHO

500 ml de creme de leite fresco ou de soja

¼ de xíc. (chá) de extrato de tomate

¼ de xíc. (chá) de mostarda Dijon

1 xíc. (chá) de molho de tomate

1 col. (sopa) de páprica defumada

¼ de xíc. (chá) de vinho do Porto

Tomilho a gosto

 

PARA O ESTROGONOFE

 

¼ de xíc. (chá) de azeite de oliva

1 cebola branca picada

2 dentes de alho picados

200 g de champignon fatiado

200 g de Portobello fresco fatiado

¼ de xíc. (chá) de conhaque

1 kg de palmito picado

Sal e pimenta-do-reino a gosto

Molho de estrogonofe

 

PREPARO

 

PREPARANDO O MOLHO

Bata todos os ingredientes no liquidificador até obter um molho cremoso. Reserve.

PREPARANDO O ESTROGONOFE

Em uma panela grande e funda, coloque o azeite e refogue a cebola e o alho até dourar. Adicione os cogumelos e deixe cozinhar por alguns minutos. Flambe com o conhaque e adicione o palmito. Tempere com sal e pimenta. Coloque o molho de estrogonofe e corrija os temperos se necessário. Sirva com arroz 7 grãos e batatas coradas.

Receita publicada na revista Gastronomia Angeloni – edição Estilo Vegetariano. Fotos: Rogério Voltan/ Produção: Camile Comandini/ Culinarista: Tatu Damberg.

No Angeloni você encontra tudo o que precisa para suas receitas. Compre pelo site ou visite uma de nossas lojas.

Perfeita para noites frias, esta versão do clássico italiano combina legumes, grãos, vegetais e uma massa em um caldo aromático

Minestrone de vegetais

(Rende 6 porções)

INGREDIENTES

¼ de xícara (chá) de azeite de oliva

1 alho-poró picado finamente

1 cebola cortada em cubos

2 dentes de alho

3 talos de salsão cortados em cubos pequenos

2 folhas de louro

1 cenoura cortada em cubos pequenos

3 L de caldo de legumes quente

4 tomates vermelhos bem maduros, sem semente e sem pele, picados

14 de xíc. (chá) de vagem cortada bem fininha

100 g de macarrão ave-maria ou caramujinho e alecrim picados

1 col. (café) de páprica defumada

Sal marinho e pimenta-do-reino a gosto

 

PREPARO

Em uma panela funda, coloque o azeite e refogue o alho-poró, a cebola e o alho e deixe até dourar. Adicione o salsão, o louro e a cenoura e refogue por alguns minutos. Acrescente batata e o caldo de legumes, tempere e cozinhe por 30 minutos, até que a batata esteja cozida. Misturo o tomate, a vagem e o macarrão e deixe ferver por 10 minutos. Finalize com as ervas frescas e corrija os temperos se necessário. 

Receita publicada na revista Gastronomia Angeloni – edição Estilo Vegetariano. Foto: Rogério Voltan/ Produção: Camile Comandini/ Culinarista: Tatu Damberg.

 No Angeloni você encontra tudo o que precisa para suas receitas. Compre pelo site ou visite uma de nossas lojas.