07/12/2017

CORDEIRO AROMÁTICO

Um pernil recheado com cuscuz marroquino compõe um prato completo e festivo, que dispensa acompanhamentos

O cordeiro marroquino encanta por sua apresentação suntuosa e aromas. O recheio, com cuscuz, amêndoas e especiarias, dispensa acompanhamentos –uma salada de folhas é mais que suficiente. Os temperos que remetem ao Oriente estão todos lá: das sementes de cominho à canela, além de pinole e hortelã. Um prato com toque étnico que, com certeza, é uma alternativa aos tradicionais cardápios de festa.

Dica: antes de fatiar o pernil e levá-lo à mesa, deixe-o descansar por pelo menos 10 minutos, isso impede que ele desmanche

Cordeiro marroquino

(rende de 8 a 10 porções)

INGREDIENTES

½ xíc. (chá) de cuscuz marroquino

1 xíc. (chá) de chá de hortelã

1 pernil de cordeiro desossado

Sal e pimenta-do-reino a gosto

2 col. (chá) de sementes de coentro

2 col. (chá) de sementes de cominho

1 col. (chá) de canela

½ xíc. (chá) de uvas-passas

½ xíc. (chá) de amêndoas picadas

2 col. (sopa) de pinoles

 

PREPARO

Em uma tigela, coloque o cuscuz e despeje sobre ele o chá de hortelã ainda quente. Deixe hidratar. Coloque o pernil em uma tábua e faça cortes perpendiculares, abrindo a peça em formato de manta. Tempere com sal e pimenta. Quando o cuscuz estiver hidratado, junte o restante dos ingredientes, fazendo o recheio. Disponha o recheio sobre a manta de cordeiro e enrole formando um rocambole de carne. Amarre a peça com barbante e leve ao forno preaquecido em temperatura média. Unte a peça com azeite e asse de 40 a 60 minutos, ou até que a carne esteja no ponto de cozimento desejado (bem ou mal passada).

Receita publicada na revista Gastronomia Angeloni – edição Cardápios para Celebrar. Fotos: Rogério Voltan/ Produção: Camile Comandini/ Culinarista: Tatu Damberg.

No Angeloni, você encontra tudo o que precisa para suas receitas. Compre pelo site ou visite uma de nossas lojas.

Deixe seu comentário