28/08/2015

Deliciosa receita de boteco para o fim de semana

Aprenda a preparar um clássico picadinho e surpreenda no fim de semana

Precisando de inspiração para aquele almoço especial do fim de semana? Nem tudo precisa acabar necessariamente em churrasco. Se a ideia é preparar carne, que tal investir em um clima de boteco com um picadinho?

O picadinho ficou durante muito tempo condenado a ser um prato do dia a dia. Hoje, destaca-se na gastronomia nacional e bem preparado pode surpreender o mais exigente dos paladares. Confira a receita:

Picadinho

(porção para 2 pessoas)

Ingredientes

Para o feijão

500 g de feijão carioquinha

2 folhas de louro

6 dentes de alho

½ xícara (chá) de azeite

Sal a gosto

Para o pastel

1 pacote de massa para pastel

100 g de queijo muçarela

Óleo para fritar

Para a carne

6 colheres (sopa) de azeite

20 g de manteiga

300 g de filé-mignon picado na ponta da faca

50 g de cebola picada

2 dentes de alho picados

Sal e pimenta moídos na hora

1 colher (sopa) de colorau

30 g de salsinha picada

1 tomate picado

8 colheres (sopa) de caldo de legumes

Montagem

4 colheres de arroz pronto

4 colheres de farofa pronta

1 ovo frito

Preparando os acompanhamentos

Comece pelo feijão: deixe o feijão de molho em água por 12 horas. Troque a água, junte 2 folhas de louro e cozinhe na pressão por 20 a 30 minutos, até amolecer os grãos. Frite os alhos socados no azeite. Junte o feijão cozido com o caldo, adicione sal e reduza até o caldo ficar encorpado. Para o pastel, corte o queijo em pequenos quadrados, abra a massa e corte pequenos círculos –como a boca de um copo americano ou uma xícara. Recheie cada círculo com um pedaço de muçarela. Pincele água nas bordas, feche os pastéis e aperte para que não abram. Frite em óleo quente, virando-os para que fiquem inchados. Reserve.

Preparando a carne

Em uma frigideira, coloque o azeite e a manteiga. Em seguida, junte a carne. Frite por aproximadamente 3 minutos, mexendo devagar. Coloque a cebola e o alho, tempere com o sal e a pimenta. Refogue por alguns minutos e adicione o colorau, a salsinha e o tomate. Junte aproximadamente 8 colheres de sopa de caldo de legumes para ficar molhadinho. Deixe reduzir por uns 4 minutos em fogo baixo. Desligue e sirva com o arroz e a farofa. O feijão é servido à parte. Para finalizar, frite um ovo e coloque sobre o arroz.

VARIAÇÕES

O picadinho é um daqueles pratos que, por muito tempo, ficou relegado a segundo plano e que agora tem se destacado na gastronomia brasileira. Se a estrela do prato é a carne, os acompanhamentos completam a receita, dando mais sabor. E, apesar de o filé mignon oferecer uma carne mais macia e envolver bem o sabor do molho, podem ser usados outros cortes no preparo do picadinho, como o contrafilé e a alcatra. O chef Carlos Ribeiro, do restaurante Na Cozinha, em São Paulo, sugere também versões com peito de frango e até uma com carne de porco, como a copa lombo. Fica saboroso quando ganha um toque de pimentas

Reportagem publicada na revista Gastronomia ed. 20 – especial Carnes. Foto Rogério Voltan/Produção culinária Janaína Resende/ Produção Camile Comandini. Você acessa a versão completa aqui. Nossas revistas também estão disponíveis no nosso aplicativo para tablets nos sistemas iOs e Android.

No Angeloni você encontra os melhores cortes para sua receita. Visite nossas lojas ou compre pelo site.

Deixe seu comentário