20/03/2012

VAMOS DE PEIXE!

O blog Angeloni traz dicas para a compra e preparo de peixes durante a Quaresma


Foto: Marcus Zilli

Comer peixe durante a Quaresma, os 40 dias entre o Carnaval e a Páscoa, é parte da tradição de quem segue a religião Católica. Mas, como escolher os melhores peixes para essa época? Existem técnicas ou dicas especiais que podem facilitar a compra e o preparo desse tipo de carne?

Segundo Vitor Gomes, chef especialista em pescados, não existe melhores e sim tipos de peixe que podem se encaixar em cada tipo prato. “Primeiro escolhemos que prato iremos executar, e então, optamos entre os tipos de texturas que acarretam diferentes preparações: ensopados, assados, grelhados, fritos, empanados, etc”. Saber quais são os peixes que são mais facilmente encontrados no período também pode garantir um prato mais saboroso. “Na Páscoa temos fartura de sardinhas, namorado, peixe batata, corvina, dourado marinho, atum, polvo, cação, arraias, pescada branca, pescada amarela, peixe espada, entre outros. Isso sem falar dos peixes de água doce, como a truta”, explica Vitor.

O tradicional bacalhau também é uma ótima alternativa, mas sua escolha correta também depende do tipo de preparo. “De nada adianta comprarmos um belo lombo de bacalhau, se iremos fazer bolinho. Se for fazê-lo em postas, é interessante que o peixe seja alto, vistoso e de bonita apresentação. Recomendo a escolha de um bom lombo de porto. Para preparações com bacalhau desfiado, acredito que a melhor opção de custo benefício sejam os peixes menores, como o Zarbo”, ressalta o chef.

A dica final de Vitor Gomes é não se prender ao preço na hora da compra. Tente sempre fazer a escolha por produtos locais, já que a costa brasileira é rica em bons pescados. Confira uma sugestão do chef e não se esqueça de passar em uma das lojas Angeloni para comprar os ingredientes, ou para escolher entre os inúmeros peixes da nossa Peixaria.

Filé de truta com crosta de Castanha de Caju com purê de batatas e cama de rúcula

INGREDIENTES  – rende 4 porções

4 filés de truta

300 gr de castanha de caju

100 gr de manteiga

50 gr de cebola

30 gr de farinha de trigo

50gr de cheiro verde picado

300 gr de batatas descascadas

50gr de manteiga

100 ml de creme de leite fresco

1 maço de rúcula.

10 gr de alho picado

MODO DE FAZER

1. Comece fazendo a crosta, refogue em uma frigideira 50gr de manteiga com a cebola, em seguida acrescente as castanhas levemente moídas o cheiro verde e por ultimo misture a manteiga.

2. Pegue os filés de truta e retire as espinhas e a pele do peixe, tempere com sal e pimenta do reino. Com a ajuda de um pincel de silicone pincele manteiga derretida em cima dos filés de truta e comece a colocar a crosta de castanha na parte de cima de cada filé. Asse por cerca de 10 min. em forno a 180 graus.

3. Coloque as batatas para cozinhar com sal, depois que estiverem cozidas amasse até obter uma massa cremosa com as batatas, acrescente o creme de leite fresco e a manteiga, corrija de sal e pimenta.

4. Para a cama de rúcula aqueça uma frigideira coloque o alho picado e um fio de azeite de oliva rapidamente acrescente a rúcula e espere murchar, tempere com sal e pimenta.

5. Para servir, coloque o purê de batatas no canto do prato, a rúcula refogada e por cima da rúcula o filé de truta.

Deixe seu comentário