05/07/2018

DELÍCIA LATINA

Um bolo fofinho e úmido, com três tipos de leite, encanta a América Latina e ganha um toque brasileiro

Dizem que o bolo tres leches foi criado na Nicarágua, mas os mexicanos também reivindicam sua autoria. O fato é que este singelo bolo feito de massa esponjosa umedecida com três tipos de leite conquistou a América Latina —e cada país recriou a sua própria versão. No Brasil, ele ainda é pouco conhecido, mas, na nossa receita, preparada com leite de coco, ele ganha um toque tropical e um gostinho familiar.

Bolo tres leches

(Rende 10 porções)

PARA O BOLO

1 tablete (200 g) de manteiga sem sal

1 e ½ xíc. (chá) de açúcar

5 ovos

3 xíc. (chá) de farinha de trigo

½ xíc. (chá) de leite de coco

½ xíc. (chá) de leite integral

3 col. (sopa) de coco ralado

1 col. (sopa) cheia de fermento em pó

 

PARA A CALDA

2 xíc. (chá) de leite integral

1 lata de leite condensado

1 vidro pequeno de leite de coco

PARA O CHANTILLY

500 ml de creme de leite fresco

4 col. (sopa) de açúcar

1 col. (chá) de cardamomo em pó

PREPARANDO O BOLO

Preaqueça o forno a 180 °C. Unte com manteiga e enfarinhe uma forma redonda de 20 a 22 cm. Com uma batedeira, misture a manteiga ao açúcar até obter um creme fofo. Adicione os ovos, a farinha e os leites. Bata até homogeneizar e adicione o coco ralado e o fermento em pó. Despeje a massa na assadeira e asse por cerca de 40 minutos, ou até o bolo dourar e assar no centro. Coloque em uma grade para esfriar antes de adicionar a calda.

PREPARANDO A CALDA

Aqueça o leite integral em fogo bem baixo, em uma pré-fervura (soltando vapor, mas sem deixar ferver). Cozinhe o leite assim por cerca de 20 minutos, até reduzir à metade do volume original. Adicione o leite condensado e o leite de coco e misture até levantar fervura. Desligue e deixe

esfriar antes de despejar no bolo. Fure o bolo com um garfo, despeje sobre ele metade da calda e leve à geladeira.

PREPARANDO O CHANTILLY

Bata o creme gelado na batedeira até ganhar corpo. Acrescente o açúcar e o cardamomo e mantenha em geladeira até a hora de usar. Cubra o bolo com o chantilly e sirva com o restante da calda por cima.

Receita publicada na revista Gastronomia Angeloni – edição Laticínios. Fotos: Rogério Voltan/ Produção: Cláudia Pixu/ Culinarista: Tatu Damberg.

No Angeloni, você encontra tudo o que precisa para suas receitas. Compre pelo site ou visite uma de nossas lojas.

Saiba quais são as cores que vão ser mais usadas nesta temporada

Para as fanáticas por manicure, a nova estação traz também mais opções de cores e tendências na hora de enfeitar as unhas. Para este inverno, a cartela de cores foca nos tons mais escuros, mas sem deixar de lado também um toque mais fun e ousado também. Confira a seguir:

VERMELHOS CONTINUAM EM ALTA

Os vermelhos são os eternos queridinhos entre as brasileiras. Nesta temporada, vão prevalecer os tons mais fechados, como o vinho. Uma cor versátil, que vai bem desde um evento mais social, como mais despojado.

PÉ DE AMORA – VULT


FREE GROSELHA – VULT


ROXOS E PRETOS

Os esmaltes bem escuros são o curinga do inverno. Além do preto, que já se consolidou entre as modernas, os tons roxos, uva e violetas também vêm forte. Eles quebram a monotonia do all black, adicionando uma dose de cor e personalidade.

CREMOSO BLACK – COLORAMA


BEWITCHING – REVLON


VALENTINE – REVLON

VINHEDO – VULT


METÁLICOS

Com um visual futurista, as unhas com esmaltes metálicos vieram para ficar e funcionam bem no inverno, contrastando com o look mais sóbrio da estação. Eles dão um ar muito moderno e podem ser em diversos tons: prata, dourado, cobre, vinho…

CREME DIVINE – REVLON

NasFarmácias Angeloni, você encontra os mais diversos produtos para deixar as suas unhas sempre lindas. Compre pelo siteou visite uma de nossas lojas.

ESMALTES PARA O INVERNO 2018

28/06/2018

QUEIMADINHO GOSTOSO

A capinha de açúcar queimado confere crocância e gostosas notas amargas ao adocicado creme

O crème brûlée é uma sobremesa tradicional francesa feita com creme de leite, ovos, açúcar e baunilha. Apesar de sua semelhança com a crema catalana, criada pelos espanhóis, ela se diferencia pela capinha crocante formada pelo açúcar queimado. Além da bela cor, do brilho e do aroma do caramelo, esse contraste com a maciez do creme é o grande charme da

receita. O alto teor de gordura do creme de leite garante uma textura supercremosa. Dica: caso você não tenha um maçarico, pode improvisar passando uma colher bem quente sobre o açúcar

Crème brûlée

(Rende de 4 a 6 porções)

INGREDIENTES

1 fava de baunilha – ou 1 col. (chá) de essência

500 ml de creme de leite

1 col. (chá) de raspas de casca de laranja

3 gemas de ovos

½ xíc. (chá) de açúcar

1 pitada de sal

PREPARO

Preaqueça o forno em temperatura baixa e coloque uma forma com ramequins em seu interior. Ferva água e reserve. Corte a fava de baunilha no sentido do comprimento e retire cuidadosamente os grãos, raspando com uma faca. Em uma panela, coloque os grãos da baunilha, o creme de leite, as raspas de casca de laranja e leve para aquecer em fogo médio-baixo (180 °C). Se utilizar a essência, misture-a ao creme de leite. Quando começar a ferver, retire a panela do fogo e deixe esfriar em temperatura ambiente por 10 a 15 minutos. Enquanto isso, bata as gemas com o açúçar e o sal em uma tigela até obter uma mistura leve e homogênea. Despeje aos poucos o creme na mistura de ovos, mexa bem, coe e distribua nos potinhos refratários. Despeje água fervente ao redor dos potinhos, deixando-os em banho-maria.

Cubra a forma com papel-alumínio e asse por cerca de 45 minutos, até o creme começar a firmar. Retire do forno, deixe esfriar e leve à geladeira, deixando por cerca de 5 horas. Ao servir, despeje açúcar por cima dos potes e caramelize com um maçarico.

Receita publicada na revista Gastronomia Angeloni – edição Laticínios. Fotos: Rogério Voltan/ Produção: Cláudia Pixu/ Culinarista: Tatu Damberg.

No Angeloni, você encontra tudo o que precisa para suas receitas. Compre pelo site ou visite uma de nossas lojas.

26/06/2018

FORÇA NA PERUCA!

Suplementos específicos podem ajudar a manter os cabelos mais saudáveis, além de auxiliar no crescimento e no combate à queda dos fios

Exibir uma cabeleira farta e saudável costuma ser um dos desejos de beleza mais comuns, tanto entre homens como mulheres. Mas nem sempre adianta ter apenas paciência para esperar os fios crescerem. A correria do dia a dia, estresse, má alimentação, entre outros fatores, acabam prejudicando também as madeixas. Aí é preciso auxiliar o organismo, fornecendo a ele vitaminas e minerais que vão agir especificamente no fortalecimento e crescimento dos cabelos. Um dos nutrientes mais associados a este benefício é a biotina, uma vitamina do complexo B, que, acredita-se, ter relação com a produção de queratina (proteína que compõe o cabelo). Consulte seu médico para saber qual deles pode ser mais indicado para cada caso. Nas Farmácias Angeloni, você encontra as seguintes opções:

FOLINE APSEN 60 CÁPSULAS

O suplemento ajuda na conservação das características naturais do cabelo, deixando-os mais fortes e brilhante. Possui em sua composição biotina, uma enzima que nutrem os cabelos, a pele e as unhas.

STETIC HAIR 60 COMPRIMIDOS

Ajuda a tornar os cabelos mais fortes. Contém biotigeno, um mix de biotina e complexo antioxidante que auxilia no fortalecimento capilar. Contribui para raízes mais fortes e no crescimento dos fios.

LAVITAN HAIR CIMED 30 CÁPSULAS

Este suplemento combina nutrientes como biotina, piridoxina e zinco. Auxilia no crescimento saudável dos cabelos e fortalecimento de unhas.

KIT IMECAP (SHAMPOO + LOÇÃO + 30 CÁPSULAS)

Para combater a queda dos fios, o suplemento traz bionutrientes ativos e também importante minerais, como selênio, zinco, cromo, vitamina B6. Além de agir contra a queda dos fios, também acelera o crescimento capilar e reduz a oleosidade.

Nas Farmácias Angeloni, você encontra os mais diversos produtos para deixar os seus cabelos sempre lindos. Compre pelo site ou visite uma de nossas lojas.

21/06/2018

DOCE DO INTERIOR

Criada em uma confeitaria de Campinas, no interior de São Paulo, a torta holandesa rapidamente se transformou em uma das mais queridas do país

A torta holandesa, quem diria, foi criada em Campinas (SP) pela proprietária de uma confeitaria que quis homenagear os tempos em que viveu na Europa. De aparência singela, este doce encanta pelo seu sabor. O recheio, feito com uma mistura de margarina, leite condensado e creme de leite, recebe ainda uma cobertura de ganache de chocolate leve. O biscoito envolto em chocolate coroa a torta nas laterais, conferindo sua inconfundível identidade.

INGREDIENTES

250 g de margarina + 2 col. (sopa) em temperatura ambiente

1 xíc. (chá) de açúcar

½ xíc. (chá) de leite condensado

3 latas de creme de leite, sem soro

200 g de biscoito de maisena

1 pacote de biscoito Calipso

180 g de chocolate amargo

 

PREPARO

Em uma batedeira, coloque 250 g de margarina e o açúcar e bata até obter um creme. Acrescente o leite condensado e duas das latas de creme de leite. Reserve. Esfarele os biscoitos de maisena, misture as 2 colheres de margarina e mexa até formar uma massa. Forre o fundo de uma forma

de fundo removível com esta massa, a borda com os biscoitos calipso (com o chocolate virado para fora) e despeje o creme na forma. Leve à geladeira para resfriar enquanto prepara a cobertura. Em banho-maria ou no micro-ondas, em temperatura baixa, derreta o chocolate e acrescente o creme de leite restante. Mexa bem até homogeneizar. Despeje sobre o creme na forma e deixe no freezer até a hora de servir.

Receita publicada na revista Gastronomia Angeloni – edição Laticínios. Fotos: Rogério Voltan/ Produção: Cláudia Pixu/ Culinarista: Tatu Damberg. 

No Angeloni, você encontra tudo o que precisa para suas receitas. Compre pelo site ou visite uma de nossas lojas.

Página 4 de 296« Primeira...23456102030...Última »