Massas frescas recheadas facilitam muito o preparo de deliciosas refeições. O ravióli de pato com minilegumes só precisa ser cozido em água fervente para receber o aveludado molho de tangerina, preparado com o suco da própria fruta e enriquecido com mel e gengibre. O molho diferenciado realça o sabor do recheio de pato e vai muito bem na companhia dos minilegumes que, além de sabor e crocância, trazem mais cor ao conjunto.

INGREDIENTES

PARA O MOLHO

1 xícara (chá) de suco de tangerina fresco

1 colher (sopa) de mel

1 colher (chá) de gengibre

2 colheres (chá) de molho de soja

1 colher (chá) de amido de milho

Sal e pimenta caiena a gosto

PARA A MONTAGEM

1 embalagem (250 g) de ravióli de pato

2 miniberinjelas

2 minicenouras

2 minimilhos

2 tomates-cereja

1 colher (sopa) de azeite

Sal e pimenta-do-reino a gosto

Água o quanto baste

PREPARO

PREPARANDO O MOLHO

Em uma panela pequena, despeje o suco, o mel, o gengibre e o molho de soja. Dilua o amido de milho em um pouco de água e misture ao molho. Cozinhe em fogo baixo, mexendo sempre. Quando espessar, desligue o fogo e ajuste os temperos. Sirva com a massa de pato.

MONTAGEM

Cozinhe a massa em água fervente conforme as instruções da embalagem. Enquanto a massa cozinha, corte os minilegumes ao meio e doure-os brevemente no azeite, em fogo alto. Tempere os legumes com sal e pimenta. Escorra a massa e sirva com o molho de tangerina, acompanhada dos minilegumes.

Receita publicada na revista Gastronomia Angeloni – ed. Longe do Lugar Comum. Fotos: Rogério Voltan/ Produção: Camile Comandini/ Culinarista: Tatu Damberg

INGREDIENTES

2 colheres (sopa) de manteiga

1 cebola pequena picada

4 dentes de alho picados

500 g de pernil de porco moído

2 latas de tomate pelado

1 colher (sopa) de açúcar mascavo

Sal e pimenta-do-reino a gosto

500 g de massa bavette

1 xícara (chá) de manjericão

PREPARO

Em uma panela funda, derreta a manteiga e adicione a cebola e o alho. Deixe dourar levemente e coloque o pernil moído. Cozinhe mexendo bem até dourar. Despeje os tomates pelados com seu suco e mexa, soltando o dourado do fundo da panela. Adicione o açúcar mascavo, tampe a panela e cozinhe em fogo baixo por 40 minutos. Ajuste o sal e a pimenta e deixe ferver até ficar bem encorpado. Em outra panela, cozinhe a massa conforme as instruções da embalagem. Escorra e misture ao molho com meia concha da água do cozimento da massa. Sirva com o manjericão.

DICAS:

• Para o ragu ganhar notas defumadas, peça para o açougueiro moer um pedaço de bacon com a carne

• Escorra o macarrão dois minutos antes do tempo indicado e finalize o cozimento utilizando um pouco do molho para obter uma massa mais encorpada

Receita publicada na revista Gastronomia Angeloni – ed. Longe do Lugar Comum. Fotos: Rogério Voltan/ Produção: Camile Comandini/ Culinarista: Tatu Damberg 

Kebab na Turquia, souvlaki na Grécia e michuí no Líbano. Diferentes nomes para um mesmo prato: espeto de carne marinada e grelhada, geralmente em cubos. A receita foi levada à Europa pelos turcos, servida enrolada em pão pita (conhecido por aqui como sírio), e o sanduíche também acabou batizado de kebab. Aqui, ensinamos o preparo do pesto de hortelã e coentro, acompanhamento perfeito para realçar o sabor da carne de cordeiro.

INGREDIENTES

PARA A MARINADA

2 pedaços de aliche

Folhas de 2 galhos de alecrim

3 dentes de alho ralados

1 colher (chá) de páprica defumada

2 colheres (sopa) de azeite

Pimenta-do-reino moída a gosto

PARA OS ESPETOS

500 g de cordeiro em cubos (paleta ou pernil)

1 cebola roxa cortada em pétalas

Tomates-cereja

Sal a gosto

Espetos de madeira ou metal

Pão pita para servir

PARA O PESTO

1 xícara (chá) de folhas de hortelã

1 xícara (chá) de folhas de coentro

1 xícara (chá) de azeite de oliva

½ xícara (chá) de castanha-de-caju

Sal e pimenta a gosto

PREPARO

PREPARANDO O KEBAB

Pique bem o aliche com o alecrim e junte o alho ralado. Quando estiver quase uma pasta, misture em uma tigela com os outros ingredientes da marinada. Coloque os cubos de cordeiro na marinada, misturando e cobrindo bem. Tampe e deixe em geladeira por 30 minutos. Passado o tempo da marinada, monte os kebabs intercalando um cubo de cordeiro, uma pétala de cebola e um tomate-cereja. Tempere com sal e asse em grelha até dourar e cozinhar a parte interna dos cubos. Retire do espeto e sirva com o pão pita e com o pesto.

PREPARANDO O PESTO

Bata todos os ingredientes no liquidificador até obter uma mistura granulada e homogênea. Ajuste o sal e a pimenta.

Dica: na falta de uma churrasqueira, o kebab pode ser preparado no fogão, utilizando uma bistequeira para criar os frisos tostados na carne, ou mesmo no forno

Receita publicada na revista Gastronomia Angeloni – ed. O Trivial que Surpreende. Fotos: Rogério Voltan/ Produção: Camile Comandini/ Culinarista: Tatu Damberg


INGREDIENTES

4 colheres (sopa) de funghi secchi

½ xícara (chá) de vinho branco

400 g de spaghettini

4 colheres (sopa) de azeite + um pouco para untar o macarrão

1 cebola roxa picada

400 g de filé mignon em tiras

Sal e pimenta-do-reino a gosto

Amêndoas em lascas a gosto

PREPARO

Coloque o funghi no vinho para hidratar. Cozinhe o macarrão conforme as instruções da embalagem. Escorra, unte com um pouco de azeite e reserve. Aqueça uma frigideira, despeje o azeite e junte a cebola picada. Deixe dourar. Acrescente a carne e quando estiver começando a dourar despeje o vinho branco com o funghi. Cozinhe até reduzir o vinho e junte a massa. Tempere com sal e pimenta a gosto. Toste as am.ndoas em uma frigideira à parte, sem  óleo. Sirva a massa com as amêndoas tostadas.

Receita publicada na revista Gastronomia Angeloni – ed. Longe do Lugar Comum. Fotos: Rogério Voltan/ Produção: Camile Comandini/ Culinarista: Tatu Damberg

O pêssego em calda é uma das conservas de fruta mais populares e versáteis que existem. Com ele é possível fazer tortas doces, mousses, pavês e até mesmo drinques. Nesta receita, preparamos forminhas com massa sablé, que tem textura arenosa e desmancha na boca. No recheio, utilizamos creme para acomodar as fatias de pêssego, compondo um bonito desenho. Finalizamos com uma coroa de merengue brulée, queimado com a ajuda de um maçarico.

 

INGREDIENTES

PARA A MASSA

1 xícara (chá) de farinha de trigo

100 g de manteiga sem sal gelada

½ xícara (chá) de açúcar

1 ovo

PARA O RECHEIO

2 xícaras (chá) de leite

4 colheres (sopa) de açúcar

2 gemas de ovo

2 colheres (sopa) de amido de milho

1 colher (chá) de noz-moscada ralada

1 lata de pêssegos em calda

PARA O MERENGUE

1 clara de ovo

2 colheres (sopa) de açúcar

PREPARO

PREPARANDO A MASSA

Misture a farinha e a manteiga com os dedos at. obter uma farofinha. Junte o açúcar e o ovo e mexa bem. Ajuste a consistência da massa acrescentando mais farinha se necessário. Cubra e deixe descansar por 15 minutos na geladeira. Retire a massa da geladeira, abra com um rolo e cubra as formas individuais previamente untadas com manteiga e farinha. Cubra as formas com papel-alumínio, despeje feijões e asse em forno preaquecido em temperatura média (180ºC) por cerca de 15 minutos, ou até dourar. Deixe esfriar antes de retirar o alumínio com os feijões. Quando estiverem frias, recheie.

PREPARANDO O RECHEIO

Misture o leite, o açúcar e as gemas e leve ao fogo baixo. Adicione o amido de milho diluído em um pouco de água e a noz-moscada e cozinhe mexendo at. engrossar. Deixe esfriar e recheie as tortas. Corte os pêssegos e coloque sobre o creme. Cubra com o merengue e queime a superfície do merengue com maçarico antes de servir.

PREPARANDO O MERENGUE

Bata a clara em neve e, quando estiver firme, acrescente o açúcar e misture. Coloque colheradas sobre as tortas.

Receita publicada na revista Gastronomia Angeloni – ed. O Trivial que Surpreende. Fotos: Rogério Voltan/ Produção: Camile Comandini/ Culinarista: Tatu Damberg

Página 3 de 31112345102030...Última »