A farinha de castanha-de-caju possui um sabor mais neutro que sua similar, a farinha de amêndoas. Nesta receita de massa de torta, ela ganha liga com a adição do ovo e da manteiga e ainda conta com a farinha de amaranto, um superalimento rico em proteínas. A combinação das duas farinhas faz desta torta uma refeição muito nutritiva. No recheio, o palmito recebe a companhia do catupiry, que envolve os ingredientes com cremosidade e sabor.

INGREDIENTES

PARA O RECHEIO

1 colher (sopa) de manteiga

2 cebolas picadas

2 tomates picados

1 colher (sopa) de farinha de trigo

500 ml de leite integral

1 pote (300 g drenado) de palmito picado

300 g de requeijão tipo catupiry

Sal e pimenta-do-reino a gosto

4 colheres (sopa) de salsinha picada

PARA A MASSA

1 ovo

50 g de manteiga

200 g de farinha de castanha-de-caju

100 g de farinha de amaranto

PREPARANDO O RECHEIO

Em uma panela, derreta a manteiga e adicione a cebola e o tomate. Quando estiverem macios, salpique a farinha e mexa bem. Deixe dourar levemente e aos poucos adicione o leite, mexendo bem. Coloque o palmito e o requeijão e cozinhe até obter um creme denso. Ajuste o sal e a pimenta, desligue o fogo e inclua a salsinha. Espere esfriar um pouco para rechear as tortinhas.

PREPARANDO A MASSA

Misture todos os ingredientes. Junte mais farinha caso não fique muito firme. Forre as forminhas com a torta, apertando e moldando. Recheie e asse em forno preaquecido em temperatura média (180 °C) até dourar (cerca de 15 minutos).

Receita publicada na revista Gastronomia Angeloni – ed. O Trivial que Surpreende. Fotos: Rogério Voltan/ Produção: Camile Comandini/ Culinarista: Tatu Damberg

Este poderia ser mais um trivial risoto, mas o uso do Jerez, vinho fortificado e licoroso espanhol, favorece a utilização do jamón serrano, presunto espanhol que exige meses de maturação para chegar ao sabor intenso e diferenciado da carne. O Jerez entra no lugar do vinho branco, oferecendo uma dosagem alcoólica maior e notas secas de castanhas e pimentas. O jamón finaliza o prato com seu aroma amendoado, sua bela cor púrpura entremeada com gordura e visual apetitoso.

 

INGREDIENTES

500 ml de caldo de legumes

½ cebola pequena picada

1 pote (200g) de coração de alcachofra, drenado

1 colher (sopa) de azeite de oliva

2 xícaras de arroz próprio para risoto (arbório ou carnaroli)

120 ml de Jerez

150 g de queijo cottage

½ xícara (chá) de queijo parmesão ralado

Sal e pimenta-do-reino branca a gosto

1 colher (sopa) de folhas de tomilho fresco

100 g de jamón serrano fatiado

PREPARO

Em uma panela, mantenha o caldo em fogo baixo durante todo o preparo. Em outra, refogue a cebola e os corações de alcachofra no azeite, mas sem deixar dourar. Adicione o arroz e misture. Despeje o Jerez e mexa até evaporar por completo. Coloque uma concha do caldo aquecido e mexa em fogo baixo até quase secar, misturando delicadamente. Repita a operação concha por concha, até o arroz estar cozido al dente. Acrescente o cottage e o parmesão e mexa bem. Tempere com sal, pimenta e o tomilho. Sirva acompanhado do jamón e, se desejar, reserve alguns corações de alcachofra para decorar.

Receita publicada na revista Gastronomia Angeloni – ed. O Trivial que Surpreende. Fotos: Rogério Voltan/ Produção: Camile Comandini/ Culinarista: Tatu Damberg

Esta paella, prato emblemático da cozinha espanhola, traz carne no lugar dos frutos do mar, como na receita valenciana. Para dar o toque brasileiro, utilizamos galinha caipira e cúrcuma, que garante o tom amarelado do prato. Como o seu preparo leva bastante caldo, selecionamos o arroz parboilizado, que garante um cozimento mais sequinho, como deve ser na paella, sem que os grãos fiquem empapados. Outra vantagem deste arroz é que ele possui mais vitaminas e sais minerais.

INGREDIENTES

 1 cebola roxa picada

½ xícara (chá) de azeite de oliva

1 kg de galinha caipira em corte a passarinho

1 colher (sopa) de páprica doce

1 pitada de açafrão em pistilos

½ colher (chá) de cúrcuma

2 xícaras (chá) de arroz parboilizado

1 l de caldo de legumes

300 g de ervilhas-tortas

3 pimentões coloridos

Azeite, sal e pimenta-do-reino a gosto

1 xícara (chá) de tomates-cereja cortados em metades

PREPARO

Em uma panela grande, refogue a cebola no azeite até começar a dourar. Acrescente a galinha, a páprica, o açafrão e a cúrcuma. Frite até dourar. Junte o arroz e o caldo e cozinhe tampado em fogo médio até o caldo todo ser absorvido e o arroz estar macio. Acrescente as ervilhas em pedaços e o pimentão em fatias e tempere com sal, pimenta e azeite a gosto. Mexa e junte os tomates em metades. Desligue o fogo e, se desejar, salpique salsinha picada antes de servir.

Receita publicada na revista Gastronomia Angeloni – ed. O Trivial que Surpreende. Fotos: Rogério Voltan/ Produção: Camile Comandini/ Culinarista: Tatu Damberg

INGREDIENTES

PARA O ARROZ-DOCE

1 e ½ xícara (chá) de arroz vialone nano

3 xícaras (chá) de água

1 l de leite integral

1 xícara (chá) de creme de leite

fresco (ou queijo mascarpone)

1 e ½ xícara (chá) de açúcar

Raspas da casca de uma laranja

1 xícara (chá) de coco ralado

1 pitada de sal

Morangos para decorar

PARA A TELHA DE AMÊNDOAS

2 xícaras (chá) de açúcar de confeiteiro

100 g de manteiga

70 ml de suco de laranja

4 colheres (sopa) de farinha de trigo

¼ de xícara (chá) de amêndoas em lascas

PREPARO

PREPARANDO O ARROZ-DOCE

Em uma panela, cozinhe o arroz na água até ficar macio. Em outra, coloque o leite, o creme (ou mascarpone), o açúcar e as raspas de laranja. Quando o arroz estiver al dente, despeje o creme sobre ele, adicione o coco e cozinhe em fogo baixo até obter uma textura cremosa. Adicione a pitada de sal. Sirva quente ou frio, acompanhado das telhas e morangos.

PREPARANDO A TELHA

Bata o açúcar com a manteiga até homogeneizar. Adicione o suco, mexa e só depois adicione a farinha. Junte as amêndoas e deixe a massa descansar por 15 minutos. Sobre papel-manteiga untado (ou um tapete de silicone), espalhe a massa, deixando uma camada fina. Leve ao forno preaquecido em temperatura baixa (160 °C) e deixe por cerca de 7 minutos, ou até dourar levemente. Retire do forno, deixe esfriar, quebre em pedaços grandes e sirva com o arroz-doce.

Receita publicada na revista Gastronomia Angeloni – ed. O Trivial que Surpreende. Fotos: Rogério Voltan/ Produção: Camile Comandini/ Culinarista: Tatu Damberg

O arroz marroquino oferece uma amostra dos aromas e sabores daquele país ao unir ervas e especiarias como a hortelã, a canela, o cravo-da-índia e a pimenta síria, muito utilizadas na cozinha local. O arroz integral traz nova textura ao prato, além de valorizar seu aspecto nutricional pelas fibras e vitaminas contidas em seus grãos. Finalizam esta delícia amêndoas laminadas e pinolis tostados, que embelezam o conjunto e conferem crocância.

Dica: o arroz integral não deve ser refogado. Ao contrário do arroz branco, que precisa ser selado, o arroz integral já possui uma casca. Refogá-lo prolonga seu tempo de cozimento

INGREDIENTES

PARA O ARROZ

1 peito de frango

3 xícaras (chá) de água

1 cebola roxa grande picada

4 dentes de alho picados

1 canela em pau

5 cravos-da-índia

1 maço de hortelã (só as folhas)

1 xícara (chá) de arroz integral

2 colheres (sopa) de

óleo de gergelim torrado

1 colher (sopa) de pimenta síria

Sal a gosto

½ xícara (chá) de amêndoas laminadas

2 colheres (sopa) de pinoli

Coalhada seca e pão

sírio tostado para servir

Azeite de oliva extravirgem para servir

PARA AS CEBOLAS CARAMELIZADAS

3 cebolas grandes cortadas em fatias uniformes

1 colher (sopa) de manteiga

¼ de xícara (chá) de açúcar

Sal e pimenta a gosto

PREPARO

PREPARANDO O ARROZ

Em uma panela grande, coloque o peito de frango, a água, a cebola, o alho, a canela, o cravo e metade das folhas de hortelã. Cozinhe em panela tampada por cerca de 20 minutos ou até o frango estar completamente cozido. Retire o frango da panela e deixe esfriar. Retire as folhas de hortelã da panela com uma escumadeira. Despeje o arroz na panela e cozinhe até ficar macio. Se precisar, coloque um pouco mais de água. Enquanto isso, desfie o frango. Quando o arroz estiver pronto, acrescente o frango desfiado, o óleo de gergelim, a pimenta síria e sal a gosto. Doure as amêndoas e pinolis em uma frigideira seca. Salpique sobre o arroz juntamente com a cebola caramelizada. Sirva com coalhada, pão sírio torrado e o restante das folhas de hortelã. Regue com azeite logo antes de servir.

PREPARANDO AS CEBOLAS

Coloque todos os ingredientes em uma frigideira e refogue em fogo alto até dourar e caramelizar. Ajuste o tempero e sirva sobre o arroz.

Receita publicada na revista Gastronomia Angeloni – ed. O Trivial que Surpreende. Fotos: Rogério Voltan/ Produção: Camile Comandini/ Culinarista: Tatu Damberg

Página 1 de 30712345102030...Última »