30/08/2016

A FRANÇA É AQUI!

Aprenda a fazer dois clássicos da culinária francesa: o croissant e o pain au chocolat

Que tal transformar sua cozinha em uma autêntica boulangerie? Nas padarias tipicamente francesas, dois itens nunca podem faltar: o croissant e o pain au chocolat (literalmente, pão com chocolate, em francês). Com a massa folhada (ou seja, bem amanteigada), ambos os pãezinhos se encaixam na categoria de viennoiserie, receita oriunda de Viena, na Áustria, e aperfeiçoada nas casas francesas. O croissant teria sido levado ao país pelas mãos da rainha Maria Antonieta, austríaca de nascimento, em 1770.

O preparo dos folhados exige uma certa dose de paciência: é preciso fazer a massa e deixá-la descansar por 24 horas na geladeira. No dia seguinte, será necessário abrir a massa em várias etapas e ir dobrando-a em camadas para dar o efeito da massa folhada. Mas pode ter certeza que o esforço vai compensar. Sentir o cheiro de uma fornada de croissant e de um pain au chocolat na sua cozinha é irresistível.

Confira a seguir as receitas da boulangerie Le Vin, de São Paulo:

 

CROISSANT

(rende 20 unidades)

Ingredientes

Para a massa base

900 g de farinha de trigo

115 g de açúcar

450 ml de água gelada

30 g de fermento biológico

20 g de sal

40 g de manteiga

1 ovo para pincelar

 

Para a folhagem

450 g de manteiga

 

Preparo

Preparando a massa base

Misture os ingredientes secos (farinha e açúcar). Se optar por fazer na batedeira, use a pá gancho. Em seguida, adicione água gelada e misture por 5 minutos em velocidade 1. Acrescente o fermento e misture por 2 minutos. Adicione o sal e, em seguida, a manteiga. Mude para velocidade 2 e bata até atingir o ponto de véu (é o ponto em que a massa fica elástica e estica até ficar transparente). Guarde na geladeira por 24 horas envolta em plástico filme ou em uma tigela tampada com plástico filme.

Preparando a folhagem

Amasse a manteiga formando um quadrado. Retire a massa base da geladeira, abra com um rolo também em formato quadrado. Coloque a manteiga no meio da massa, feche as pontas para dentro, cobrindo a manteiga. Abra novamente a massa até formar uma tira larga, dobre a massa em três partes e leve à geladeira por 30 minutos. Abra novamente a massa, dobre e leve à geladeira por mais 15 minutos. Abra de novo a massa, deixando-a bem fina. Corte em tiras de cerca de 15 cm e depois em triângulos de 10 cm. Enrole os triângulos, a partir da base até as pontas, sem apertar. Disponha os croissants em uma forma e pincele com ovo batido. Deixe descansar por 2 horas para a massa crescer. Asse em forno preaquecido a 170 °C por cerca de 15 minutos.

 

PAIN AU CHOCOLAT

(rende 20 unidades)

 

Ingredientes

Para a massa base

900 g de farinha de trigo branca

115 g de açúcar

450 ml de água gelada

30 g de fermento biológico

20 g de sal

40 g de manteiga

1 ovo para pincelar

Palitos de chocolate meio amargo para o recheio

 

Para a folhagem

450 g de manteiga

 

Preparo

Para a massa base

Misture os ingredientes secos (farinha e açúcar). Em seguida, coloque na batedeira com a pá de gancho, adicione água gelada e misture por 5 minutos em velocidade 1 – você também pode fazer à mão, sovando. Acrescente o fermento e misture por 2 minutos. Adicione o sal e, em seguida, a manteiga. Mude para velocidade 2 e bata até atingir o ponto de véu (é o ponto em que a massa fica elástica e estica até ficar transparente). Guarde na geladeira por 24 horas envolta em plástico filme ou em uma tigela tampada com plástico filme.

Preparando a folhagem

Amasse a manteiga formando um quadrado. Retire a massa base da geladeira, abra com um rolo também em formato quadrado. Coloque a manteiga no meio da massa, feche as pontas para dentro, cobrindo a manteiga. Abra novamente a massa com o rolo até formar uma tira larga, dobre a massa em três partes e leve à geladeira por 30 minutos. Abra novamente a massa, dobre e leve à geladeira por mais 15 minutos. Abra de novo a massa, deixando-a bem fina. Corte em tiras de 10 x 15 cm, coloque um palito de chocolate no centro e enrole, sem apertar.

Montagem

Disponha os pãezinhos em uma forma e pincele com ovo batido. Deixe descansar por 2 horas para a massa crescer. Asse em forno preaquecido a 170 °C por cerca de 15 minutos.

Receita publicada na revista Gastronomia – edição Pães. Você acessa a edição completa aqui. Foto Rogério Voltan/ Produção Camile Comandini/ Culinarista Janaina Resende. Acesse todas as edições no app Angeloni para tablets (iOS Android).

 No Angeloni você encontra os melhores ingredientes para suas receitas. Visite nossas lojas ou compre pelo site.

No nosso tabela, descubra mais sobre os principais estilos da bebida que é preferência nacional

Preferência nacional, as cervejas conquistam cada vez mais apreciadores. Junto com o sucesso, a bebida deixou de ser apenas uma boa desculpa para reunir os amigos e passou a ser um verdadeiro “objeto de estudo” dos seus consumidores.

Com tantas novas marcas e estilos no mercado, fica difícil escolher a melhor opção.

Conhecer os tipos, a composição, os diferentes sabores e suas perfeitas combinações pode ser uma tarefa desafiadora. Não mais! Veja na nossa tabela a seguir um pequeno resumo dos principais tipos de cerveja. Imprima e cole na porta da geladeira para consultar sempre!

Você encontra as cervejas aqui:

Pilsen DAB Diat

Coruja Alba Weizenbock 

Baden Baden Red Ale

Guinnes Stout 

Patagônia Amber Lager

No Angeloni você encontra diversos rótulos de cervejas nacionais e importadas. Visite nossas lojas ou compre pelo site.

As meias esfoliantes ajudam a tratar a pele de maneira prática e rápida

 

Quando o tempo está quente e o uso de sandálias e rasteirinhas é quase obrigatório, não tem quem não queira exibir pés lindos e bem-tratados. No entanto, é justamente no inverno que os pés exigem mais cuidados. O tempo frio, às vezes úmido ou seco demais, combinado com o uso de sapatos fechados e botas, provoca ressecamento, calos e rachaduras. Para acabar com esses problemas de forma prática, sem precisar recorrer a podólogos, a novidade são as meias esfoliantes e descartáveis:

 

Basta calçar as peças e ficar com elas por uma hora. Em seguida, lave bem os pés. De 5 a 10 dias, a pele endurecida e as células mortas começam a se soltar naturalmente. Isso acontece porque o produto traz em sua composição ácido lático,  composto que faz com que a pele da camada mais superficial se desprenda. A fórmula ainda tem ácido glicólico, que ajuda na hidratação.

Durante esse processo, é importante não usar cremes ou outros produtos nos pés. Depois, é só repetir esse peeling a cada 3 meses.

Mas claro que só essas meias não fazem o trabalho sozinhas. Conheça outros produtos que ajudam a manter a beleza dos pés:

 

Esfoliante de pedra-pomes Granado Pink – com óleo de palma, auxilia na remoção de células mortas e deixa os pés com toque sedoso.

 

Sérum para os pés Amopé – com ácido hialurônico e extrato de algas, promove hidratação intensa em pouco tempo

Esfoliante OM Clean  para os pés – com forte abrasão, remove células mortas, hidrata a pele e suaviza áreas ásperas e ressecadas

Nas nossas farmácias você encontra os melhores produtos para cuidar dos seus pés.  Visite nossas lojas ou compre pelo site.

24/08/2016

FRITURA SEM CULPA

Práticas de usar, as fritadeiras elétricas dispensam o uso de óleo, deixando suas receitas mais saudáveis sem perder o sabor

A gente sabe que frituras não são exatamente o modo mais saudável de preparar os alimentos. Mas, convenhamos, como é difícil resistir à crocância e ao sabor que ficam as receitas?

A boa notícia é que essas delícias podem ser consumidas sem nenhuma culpa se forem feitas em uma fritadeira a ar (ou air fryer, nome em inglês). Dispensando o uso de óleo, esses equipamentos prometem fritar sem deixar o alimento perder a crocância típica do preparo. Além de nuggets e batata-frita, elas podem ser usadas para preparar os mais variados tipos de pratos (colocamos uma receitinha no fim do post para te inspirar).

Fritadeira Elétrica Cadence Air Fry - com capacidade para 2,3 litros e tecnologia Hot Air, tem potência de 1200W e prepara alimentos utilizando o a circulação do ar quente em alta velocidade, deixando os alimentos crocantes e saborosos como se tivessem sido fritos. Ele também funciona como forno de alto desempenho e tem função Easy Defrost, que serve para descongelar diferentes tipos de alimento.

Fritadeira Elétrica Cadence Light Fryer FRT500: seu potente sistema de ar quente, que circula em alta velocidade, frita os alimentos deixando-os crocantes. O produto conta ainda com a função  easy defrost para descongelamentos.

Fritadeira Elétrica Ello Master Fry 3.2 Digital Touch: apresenta painel digital com touch screen e 7 funções pré-programadas para executar receitas sem óleo. A bandeja de resíduos é revestida por uma camada antiaderente que facilita a limpeza.

Fritadeira Elétrica Fischer Cook Line: a divisória na cesta de preparo é perfeita para preparar dois pratos diferentes simultaneamente. Tem timer de até 30 minutos e controle de temperatura.

Fritadeira Elétrica Ello Master Fry Preta: com capacidade de 3 litros, avisa quando o alimento está pronto e desliga automaticamente

Fritadeira Elétrica Ello Master Fry Classic Vermelho: com capacidade de 3 litros, desliga automaticamente e tem design retrô, que garante o charme do produto.

Agora, mãos à obra e prepare já esta receita com sua fritadeira:

BACALHAU MARAVILHA 

INGREDIENTES

500 g de bacalhau dessalgado

500 g de batata bolinha

50 g de azeitona

10 tomates-cereja

Pimentão verde e vermelho fatiado

1 cebola picada

2 cabeças de alho alho picados

Sal, pimenta-do-reino e azeite a gosto

PREPARO

Depois de lavar e secar as batatas, salpique sobre elas o sal e, se desejar, um pouco de azeite. Coloque-as na bandeja da fritadeira a ar e deixe por 15 minutos a 200 graus. A seguir, coloque o bacalhau e os demais ingredientes e deixe na fritadeira por 20 minutos a 200 graus.

No Angeloni você encontra a fritadeira perfeita para suas necessidades. Confira nossas OFERTAS ESPECIAIS. 

23/08/2016

SAL DO BEM

Com um mix de ervas, esta receita promete diminuir o sódio do seu tempero

Diminuir o sal das refeições é o tipo de recomendação que a gente sempre ouve. Para o paladar do brasileiro, que ama uma comida bem temperada, é um desafio diário! Porém, o alto teor de sódio (muito presente no sal de cozinha) pode desencadear no organismo vários problemas, desde retenção de líquidos até quadros de hipertensão.

Uma saída para este dilema é adotar na sua cozinha o chamado sal de ervas (ou sal verde). Prático de fazer e econômico, esta receita vai ajudar a continuar dando aquele gostinho aos alimentos, mas sem abusar do sódio. A mistura não tem mistério: em um processador ou liquidificador, bata os grânulos de sal rosa do Himalaia com o mix de ervas da sua preferência. Dá para usar também sal grosso ou sal marinho. O do Himalaia, porém, é o que tem a menor concentração de sódio.

As ervas ainda contribuem com suas propriedades. O orégano, por exemplo, tem alto poder desintoxicante, enquanto o alecrim é um cicatrizante natural. É possível usar as plantas secas ou frescas. Depois é só armazenar a mistura em um recipiente fechado na geladeira.

Algumas sugestões de combinações:

Receita 1

1 xícara de chá de sal grosso ou rosa do Himalaia

1 xícara de chá de orégano

1 xícara de chá de alecrim

1 xícara de chá de estragão

 

Receita 2

1 pacote de alecrim

1 pacote de manjericão

1 pacote de orégano

1 pacote de salsinha

100g de sal marinho

 

Receita 3

2 colheres de sopa de orégano seco

2 colheres de sopa de manjerona seca

2 colheres de sopa de alecrim seco

2 colheres de sopa de salsinha seca

2 colheres de sopa de gergelim tostado

1 colher de chá de sal marinho ou sal grosso

 

No Angeloni você encontra todos os ingredientes para incrementar suas receitas. Visite nossas lojas ou compre pelo site.

Página 1 de 23812345102030...Última »